PUBLICIDADE
Topo

Brasil atuará em órgãos internacionais para alterar quadro na Venezuela, diz Temer

28/08/2018 19h21

BRASÍLIA (Reuters) - O governo brasileiro atuará em organismos internacionais e adotará medidas diplomáticas firmes em busca de alterar o atual quadro de crise vivido pela Venezuela, disse nesta terça-feira o presidente Michel Temer ao anunciar decreto para enviar as Forças Armadas para a garantia da lei e da ordem em Roraima.

Em pronunciamento no Palácio do Planalto, Temer responsabilizou o governo venezuelano, liderado pelo presidente Nicolás Maduro, pelo que chamou de "desastre" no país vizinho.

Temer disse que o Brasil respeita a soberania das nações, mas que "só é soberano quem respeita e cuida de seu povo". Ele avaliou que o problema na Venezuela não é mais uma questão interna do país, mas se tornou uma ameaça à harmonia de todo o continente.

O Estado de Roraima tem recebido um grande fluxo de venezuelanos que deixam seu país natal por causa da grave situação econômica e social que o atinge.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)