PUBLICIDADE
Topo

Merkel condena esfaqueamento e protestos violentos em Chemnitz

28/08/2018 10h27

BERLIM (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, descreveu como um "incidente horrível" um ataque fatal a facadas que aconteceu na cidade alemã de Chemnitz, mas disse que os protestos violentos realizados na segunda-feira em reação ao ataque são inaceitáveis.

"Esse foi um incidente horrível", disse durante coletiva de imprensa em Berlim, acrescentando: "O que nós vimos depois é algo que não tem lugar em um país sob o Estado de Direito".

Na segunda-feira, manifestantes da extrema-direita entraram em confronto com manifestantes de esquerda em Chemnitz, depois que um iraquiano e um sírio foram presos por um ataque fatal a facadas.

(Reportagem de Michael Nienaber)