PUBLICIDADE
Topo

Seul diz que mandará enviados especiais à Coreia do Norte para preparar cúpula

31/08/2018 09h37

Por Soyoung Kim e Josh Smith

SEUL (Reuters) - A Coreia do Sul disse nesta sexta-feira que irá mandar enviados especiais à capital norte-coreana no dia 5 de setembro para debater o cronograma de uma cúpula entre os líderes dos dois países que deve acontecer ainda este mês.

O enviado especial também discutirá o "estabelecimento da paz", o progresso dos laços intercoreanos" e a "desnuclearização da península coreana", disse Kim Eui-kyeom, porta-voz da Casa Azul presidencial sul-coreana.

Mais cedo nesta sexta-feira Seul propôs mandar os enviados e a Coreia do Norte concordou, disse Kim, que não identificou os enviados.

Moon Jae-in será o primeiro presidente da Coreia do Sul a visitar Pyongyang desde 2007, mas a cúpula tem sido ofuscada por sinais de crescente tensão entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos sobre o futuro do programa de armas nucleares norte-coreano.

Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cancelou abruptamente uma visita de seu secretário de Estado e de seu recém-indicado enviado especial para a Coreia do Norte a Pyongyang, reclamando da falta de progresso nas conversas sobre a desnuclearização.

(Reportagem de Josh Smith)