PUBLICIDADE
Topo

Trump adia divulgação de documentos de investigação sobre a Rússia

21/09/2018 13h04

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que documentos da investigação sobre a Rússia não serão divulgados imediatamente, apenas dias depois de ordenar que os registros fossem tornados públicos, citando preocupações do Departamento de Justiça de que a divulgação poderia prejudicar o inquérito.

Em publicação no Twitter, Trump disse que o inspetor-geral do departamento irá analisar os documentos "de forma acelerada" e "agir rapidamente".

"No final eu posso sempre tornar público se for necessário", escreveu Trump, depois de ter exigido a divulgação de documentos da investigação em andamento sobre a suposta interferência russa nas eleições presidenciais de 2016.

Representantes do gabinete do inspetor-geral do Departamento de Justiça não responderam de imediato a pedido por comentário.

Trump havia pedido a divulgação dos documentos na segunda-feira, desencadeando críticas de democratas e outros de que estaria, junto com seus aliados, politizando a investigação para proteger a Casa Branca apenas semanas antes das eleições parlamentares de novembro.

Trump nega ter conspirado com a Rússia e Moscou tem negado qualquer interferência na eleição de 2016, embora importantes agências de inteligência dos EUA tenham dito que a interferência aconteceu.

(Reportagem de Sarah N. Lynch e Susan Heavey)