PUBLICIDADE
Topo

'É muito importante fazermos isso como amigos', diz Merkel sobre Brexit

"Queremos que o relacionamento seja o mais amigável e próximo possível, e tão próximo quanto os britânicos quiserem que seja", disse a presidente alemã nesta segunda (24) - Markus Schreiber/AP
"Queremos que o relacionamento seja o mais amigável e próximo possível, e tão próximo quanto os britânicos quiserem que seja", disse a presidente alemã nesta segunda (24) Imagem: Markus Schreiber/AP

Thomas Escritt

Da Reuters, em Berlim

24/09/2018 17h31

A Alemanha quer um acordo do Brexit que mantenha o Reino Unido o mais próximo possível da União Europeia, disse a chanceler Angela Merkel nesta segunda-feira.

Conversando com estudantes na cidade alemã de Hanover, Merkel disse que há a possibilidade de o Reino Unido pagar para continuar a participar de programas individuais da UE, como o intercâmbio estudantil Erasmus, mas que questões cruciais como a fronteira entre a Irlanda e a Irlanda do Norte continuam complicadas.

"Queremos o mínimo possível de desvantagens (do Brexit). Ficaríamos contentes, e seria possível, se o Reino Unido dissesse que quer pagar pelo Erasmus, e também queremos maneiras para tornar o transporte de bens o mais descomplicado possível".

Leia também:

Mas isso não significaria a dispensa da verificação de mercadorias, alertou ela, uma aparente reafirmação da posição da UE de que fronteira irlandesa só pode ser aberta se a Irlanda do Norte continuar na órbita regulatória do bloco.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse que não pode aceitar nenhum acordo de saída da UE que trate a Irlanda do Norte de forma diferente do restante do Reino Unido.

"É muito importante fazermos isso (Brexit) como amigos", afirmou Merkel. "Queremos que o relacionamento seja o mais amigável e próximo possível, e tão próximo quanto os britânicos quiserem que seja".