Topo

Após novas sanções, Trump diz que a situação na Venezuela é inaceitável

25/09/2018 13h40

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, classificou nesta terça-feira o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro como um regime brutal e disse que a situação no país sul-americano é inaceitável.

Trump acrescentou que a Venezuela é um dos lugares "realmente maus" no mundo, horas depois que os Estados Unidos impuseram novas sanções contra a esposa de Maduro e membros do alto escalão de seu governo, acusando-os de saquear a riqueza do país e ajudar Maduro a manter o seu controle do poder.

A vice-presidente da Venezuela, Delcy Eloina Rodríguez Gómez, e o ministro de Defesa, Vladimir Padrino López, estão entre os seis indivíduos alvos das sanções, de acordo com o comunicado. Três entidades e uma aeronave também foram mencionadas, segundo um comunicado do Departamento de Tesouro norte-americano.

"O presidente Maduro confiou em seu círculo interno para manter seu controle do poder, enquanto seu regime sistematicamente saqueia o que sobra da riqueza da Venezuela", disse o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

(Por Jeff Mason)