PUBLICIDADE
Topo

Pompeo vai retornar à Coreia do Norte em outubro para preparar segunda cúpula Trump-Kim

26/09/2018 14h30

Por Michelle Nichols e David Brunnstrom

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse nesta quarta-feira que teve uma reunião "muito positiva" com o ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, e viajará novamente a Pyongyang no próximo mês para preparar a segunda cúpula entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong Un.

Pompeo disse no Twitter que sua reunião com Ri em Nova York, nos bastidores da Assembleia Geral da ONU, foi agendada para discutir a cúpula e os "próximos passos para a desnuclearização da Coreia do Norte".

"Muito trabalho a ser feito, mas continuaremos a avançar", disse Pompeo depois do encontro.

O Departamento de Estado disse que Pompeo aceitou um convite de Kim para viajar a Pyongyang no próximo mês, para o que será sua quarta visita à Coreia do Norte neste ano.

Referindo-se à Coreia do Norte pelo acrônimo de seu nome oficial, República Popular Democrática da Coreia, o Departamento disse que o objetivo da viagem será "fazer mais progressos na implementação dos compromissos da Cúpula EUA-RPDC em Cingapura, incluindo desnuclearização final e totalmente verificada da RPDC, e para preparar uma segunda cúpula entre o presidente Trump e o presidente Kim".

Trump realizou uma primeira reunião sem precedentes com Kim em Cingapura em 12 de junho, que resultou em uma promessa de Kim de "trabalhar para" a desnuclearização da península coreana.

Os compromissos e ações de Kim, no entanto, ficaram muito aquém das exigências de Washington de um inventário completo dos programas de armas da Coreia do Norte e de medidas irreversíveis para abandonar um arsenal nuclear que potencialmente ameaça os Estados Unidos.

Trump disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos e a Coreia do Norte têm "um ótimo relacionamento", e que anunciará o momento e a localização de seu próximo encontro com Kim em um "futuro muito próximo".

Questionado ao chegar à sede da ONU sobre o que a Coreia do Norte tem que fazer antes de sua próxima reunião com Kim, Trump disse que ambos os lados têm feito "um tremendo progresso" desde o ano passado, e acrescentou: "Eles estão desnuclearizando a Coreia do Norte, nós temos um relacionamento maravilhoso entre nosso país e eles".