PUBLICIDADE
Topo

Imigrantes bloqueiam fronteira da Bósnia e entram em conflito com polícia croata

24/10/2018 13h07

Por Marko Djurica

PASSAGEM DE FRONTEIRA DE MALJEVAC, Bósnia (Reuters) - Várias pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira quando imigrantes que exigiam cruzar a fronteira noroeste da Bósnia atiraram pedras contra a polícia da Croácia, que reagiu disparando gás lacrimogêneo e usando porretes para afastá-las, disse um fotógrafo da Reuters presente no local.

Centenas de imigrantes romperam um cordão de isolamento da polícia bósnia na manhã desta quarta-feira e bloquearam a passagem de fronteira de Maljevac, esperando pressionar a vizinha Croácia a abrir sua divisa e deixá-los viajar rumo ao norte, disseram autoridades bósnias.

Milhares de imigrantes em fuga das guerras e da pobreza na Ásia e no norte da África estão vivendo em condições precárias na empobrecida Bósnia, e muitos estão cada vez mais preocupados com a chegada do frio do inverno e a falta de abrigos adequados.

A maioria deles quer atravessar a Croácia rumo a países mais ricos da União Europeia.

Como os imigrantes bloquearam o posto de fronteira do lado bósnio, o batalhão de choque da polícia croata ergueu uma cerca para impedir sua passagem e formou um cordão de isolamento. Oito vans da polícia foram estacionadas atrás da fronteira, e um helicóptero sobrevoava o local.

Alguns dos imigrantes atiraram pedras e se chocaram com a polícia, que respondeu com gás lacrimogêneo e porretes. Uma mulher foi ferida na cabeça e levada a um hospital, assim como um homem ferido, disse o fotógrafo da Reuters.

Os imigrantes, incluindo famílias com crianças pequenas, passaram duas noites dormindo ao relento perto da divisa na esperança de receber permissão para cruzar para a Croácia.

(Reportagem adicional de Daria Sito-Sucic e Maja Zuvela)