PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro diz que só Onyx, Heleno e Guedes estão confirmados como ministros em eventual governo

26/10/2018 09h11

(Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse nesta sexta-feira que apenas três nomes estão confirmados como ministros se for eleito presidente na votação de domingo, e afirmou que "oportunistas" que estão se anunciando já podem "se considerar fora".

Em publicação no Twitter, Bolsonaro mencionou novamente o deputado federal reeleito Onyx Lorenzoni (DEM-RS), citado para a Casa Civil, o general da reserva Augusto Heleno, já indicado para o Ministério da Defesa, e o coordenador econômico da campanha do candidato do PSL, Paulo Guedes, como os únicos nomes definidos para um eventual ministério.

"As eleições só serão definidas no domingo. Além dos 3 nomes mencionados (Onyx, Heleno e Guedes), outros serão anunciados. Com intuito de se promover ou nos desgastar, oportunistas se anunciam ministros. Estes, de antemão, já podem se considerar fora de qualquer possível governo", escreveu Bolsonaro.

(Por Maria Clara Pestre, no Rio de Janeiro)