PUBLICIDADE
Topo

Venezuela é uma ameaça à segurança e estabilidade da região, diz autoridade dos EUA

30/10/2018 15h42

WASHINGTON (Reuters) - A Venezuela representa uma clara ameaça à estabilidade regional e pode arrastar importantes aliados dos Estados Unidos, como Brasil, Argentina e Colômbia, disse uma autoridade do Departamento do Tesouro dos EUA nesta terça-feira.

"A Venezuela representa uma clara ameaça à estabilidade e segurança regionais", disse Marshall Billingslea, secretário-assistente sobre financiamento ao terrorismo do Departamento do Tesouro, em uma audiência em Washington.

"Esta é uma questão hemisférica e a implosão do regime é um desafio direto para nós", acrescentou.

Billingslea também acusou o governo do presidente Nicolás Maduro de contaminar o abastecimento de água venezuelano em locais de mineração de ouro.

A economia da Venezuela entrou em crise sob Maduro, forçando dezenas de milhares de venezuelanos a fugirem para países vizinhos em meio a hiperinflação, escassez de alimentos e de medicamentos e cortes de energia.

Billingslea disse que o governo de Maduro é "uma das maiores empresas criminosas do hemisfério ocidental" envolvida em esquemas de lavagem de dinheiro, corrupção, fraude e mineração ilegal, incluindo mineração de ouro e envio à Turquia para processamento.

"Isso está sendo feito não apenas ilegalmente, mas está sendo feito com enormes custos ambientais", afirmou ele. "O regime basicamente concedeu-se o controle sobre uma grande porcentagem do país e agora está retirando esse ouro e despejando grandes quantidades de contaminantes químicos e de mercúrio no abastecimento de água."

"Nós destacamos o fato de que muito deste ouro não monetário parece ser destinado à Turquia", acrescentou.

O Ministério da Informação da Venezuela não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre as declarações de Billingslea.

(Reportagem de Lesley Wroughton)