Topo

Autoridades de Tóquio estendem prisão de Ghosn por mais 10 dias, diz mídia

2018-11-30T07:20:57

30/11/2018 07h20

TÓQUIO (Reuters) - Autoridades de Tóquio estenderam por mais 10 dias, nesta sexta-feira, a prisão do ex-presidente do conselho de administração da Nissan <7201.T> Carlos Ghosn, que está detido em uma das maiores unidades prisionais da capital japonesa após ter sido acusado de fraude financeira, reportou a mídia local.

Ghosn está preso desde 19 de novembro e, agora, autoridades japonesas precisam apresentar acusações formais contra ele até 10 de dezembro ou libertá-lo.

(Reportagem de Elaine Lies)

Mais Notícias