Topo

Lista de desaparecidos em incêndio na Califórnia diminui drasticamente

01/12/2018 11h26

Por Steve Gorman

(Reuters) - Dois dias depois de autoridades no norte da Califórnia encerrarem a busca por restos humanos do mais mortal incêndio na história do estado, o número de pessoas listadas como desaparecidas foi reduzido, na sexta-feira, para menos de 50, das quase 200 que foram relatadas previamente. 

O total confirmado de mortes permaneceu em 88, mas a notícia do número revisado para baixo de pessoas ainda desaparecidas chegou como uma boa notícia, três semanas depois de as chamas devastarem a cidade de Paradise, no sopé de Sierra Nevada. 

Em uma entrevista coletiva na noite de quarta-feira, o xerife do condado de Butte, Kory Honea, disse que as equipes de busca haviam terminado de vasculhar as ruínas de aproximadamente 18.000 casas e outros prédios consumidos pelas chamas. 

A lista de pessoas desaparecidas, naquele momento, continha 196 nomes, embora Honea tenha dito que esperava que muitos indivíduos eventualmente apareceriam vivos ao perceberem que seus entes queridos os procuravam. 

Na noite de sexta-feira, o paradeiro da maioria havia, de fato, sido esclarecido, e a lista foi reduzida para 49 nomes, disse o escritório do xerife. 

Esse total é, de longe, o menor até agora, diminuindo bastante o número de pessoas que potencialmente poderão ser declaradas desaparecidas ou provavelmente mortas.