Topo

Ambientalista britânico pede que líderes mundiais enfrentem "maior ameaça em milhares de anos"

03/12/2018 13h20

Por Barbara Lewis e Anna Koper

KATOWICE, Polônia (Reuters) - O ambientalista e apresentador britânico David Attenborough pediu, nesta segunda-feira, que líderes mundiais, reunidos na Polônia para discutir maneiras de limitar o aquecimento global, enfrentem "nossa maior ameaça em milhares de anos".

Conhecido por incontáveis programas sobre a natureza, Attenborough ganhou destaque recentemente com sua série "Blue Planet II", que chama atenção para o efeito devastador da poluição nos oceanos.

"Líderes do mundo, vocês precisam liderar", disse o ambientalista, ocupando um "assento popular" durante conferência de duas semanas da ONU sobre o clima, que está reunindo dezenas de chefes de Estado e de governo na cidade polonesa de Katowice.

"A continuação da nossa civilização e o mundo natural, do qual nós dependemos, está em suas mãos", disse.

O mundo está atualmente a caminho de ultrapassar, em muito, os limites estabelecidos para o aquecimento global no acordo climático de Paris, que tinha como objetivo impedir mais climas extremos, o aumento dos níveis do mar e a perda de espécies de plantas e animais.

As conversas de Katowice são vistas como a conferência mais importante da ONU desde Paris, ocorrendo antes do prazo para elaborar um "livro de regras" sobre como impor as ações.