Topo

Washington presta homenagem a George H. W. Bush durante velório no Capitólio

04/12/2018 08h54

Por Amanda Becker e Ginger Gibson

WASHINGTON (Reuters) - A elite política de Washington prestou homenagem ao ex-presidente norte-americano George H.W. Bush durante velório público no Capitólio na segunda-feira, evocando uma época passada de civilidade bipartidária na política dos Estados Unidos.

Diante da família Bush, e com as mãos no coração, membros do gabinete do ex-líder, parlamentares, o vice-presidente e juízes da Suprema Corte homenagearam o 41º presidente quando seu caixão entrou na Rotunda do Capitólio coberto por uma bandeira.

Mais tarde na mesma noite, depois que familiares e dignitários deixaram o local, o presidente Donald Trump e a primeira-dama Melania prestaram suas homenagens, permanecendo de pé diante do caixão durante dois minutos.

Depois, Trump saudou Bush, contradizendo o histórico de antipatia entre o presidente republicano e a família Bush.

A dinastia política, liderada pelo filho e também ex-presidente George W. Bush, acompanhou o corpo do patriarca a bordo do avião presidencial no voo do Texas à Base Conjunta de Andrews, nos arredores de Washington, e depois em uma volta pela Avenida Pensilvânia até os degraus do Capitólio.

O líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, a primeira autoridade a discursar na Rotunda, descreveu George H.W. Bush como um "servo humilde" e um "líder com princípios".

O corpo do presidente republicano permanecerá na Rotunda até a quarta-feira, quando um funeral será realizado na Catedral Nacional de Washington.