PUBLICIDADE
Topo

Trump diz que não sancionará nenhuma lei sem "perfeita segurança para fronteira"

20/12/2018 11h08

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou os democratas novamente nesta quinta-feira por não apoiarem a construção de um muro na fronteira, e disse que não sancionará nenhuma lei que não incluir o principal item de sua agenda, possivelmente ameaçando o projeto orçamentário que o Congresso está negociando para evitar uma paralisação do governo.

"Os democratas, que sabem que as grades de metal (muro) são necessárias para a segurança de fronteira, estão colocando a política acima do país. O que eles estão apenas começando a entender é que eu não vou sancionar nenhuma legislação deles, incluindo infraestrutura, a menos que tenha perfeita segurança de fronteira. EUA vencem", escreveu Trump, do Partido Republicano, em publicação no Twitter na manhã desta quinta-feira.

(Reportagem de Lisa Lambert e Susan Heavey)