PUBLICIDADE
Topo

Rússia diz que ataques aéreos de Israel contra Síria ameaçaram 2 voos civis, segundo Ifax

26/12/2018 10h03

MOSCOU (Reuters) - O Ministério de Defesa da Rússia disse nesta quarta-feira que mísseis lançados por Israel contra a Síria no dia anterior ameaçaram diretamente dois voos civis, relatou a agência de notícias Interfax.

O ministério, que não especificou quais voos foram ameaçados, acrescentou que a defesa aérea da Síria destruiu 14 dos 16 mísseis lançados por Israel contra alvos não especificados perto de Damasco na terça-feira.

Três soldados sírios ficaram feridos no ataque, relatou a mídia estatal síria.

O Exército israelense recusou comentar o lançamento dos mísseis e as alegações russas.

Falando em uma cerimônia de graduação de novos pilotos na base aérea de Israel nesta quarta-feira, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu não se referiu diretamente aos ataques ou às críticas de Moscou.

Porém reiterou que a intenção de Israel é impedir "o entrincheiramento militar iraniano, que é dirigido contra nós" na Síria.

"Nós vamos agir contra isso, vigorosa e continuamente, incluindo durante o atual período", disse Netanyahu.

Durante a guerra de mais de sete anos na Síria, Israel tem estado altamente alarmado sobre a crescente influência do Irã, seu inimigo histórico e um importante aliado do presidente sírio, Bashar al-Assad.

A força aérea israelense atingiu vários alvos que descreve como desdobramentos iranianos ou transferências de armas para o movimento libanês Hezbollah, apoiado pelo Irã, no conflito sírio.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin e Andrew Osborn)