PUBLICIDADE
Topo

Juan Guaidó enfrenta ameaças críveis à sua vida, diz Grupo de Lima

25/02/2019 19h01

BOGOTÁ (Reuters) - O Grupo de Lima declarou nesta segunda-feira que foram feitas ameaças contra a vida do líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, e que o grupo as vê como críveis, acrescentando que o presidente Nicolás Maduro é responsável pela segurança de Guaidó e de sua família.

O bloco, reunido em Bogotá, disse em comunicado que exige que Maduro deixe imediatamente seu cargo em favor de uma transição democrática que inclua eleições livres, e que seu governo ameaça a paz e a segurança na região.

O Grupo de Lima ainda afirma que irá estimular o reconhecimento de Juan Guaidó como o líder da Venezuela por organizações internacionais.

(Por Julia Symmes Cobb)