PUBLICIDADE
Topo

Maduro e Trump devem se reunir para "achar interesses em comum", diz ministro venezuelano

27/02/2019 11h05

GENEBRA (Reuters) - O ministro das relações exteriores da Venezuela disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos estão tentando derrubar o governo de Nicolás Maduro e que seu país perdeu 30 bilhões de dólares em ativos "confiscados" desde novembro de 2017, inclusive da petroleira estatal Citgo.

Falando ao Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), apesar de alguns representantes ocidentais terem se retirado da sala, Jorge Arreaza sugeriu que Maduro e o presidente dos EUA, Donald Trump, se encontrem para "tentar encontrar interesses em comum e explicar suas diferenças".

Mais cedo, no Fórum de Genebra, um assessor do presidente colombiano, Iván Duque, pediu por ações que acabem com a crise humanitária da Venezuela e resultem em uma transição política que leve a eleições livres.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)