PUBLICIDADE
Topo

Zoológico polonês abriga pinguim albino, teme que ave não seja aceita por bando

22/03/2019 14h49

VARSÓVIA (Reuters) - Um pinguim albino fez sua primeira aparição em um zoológico polonês nesta sexta-feira --a primeira ave do tipo mantida em cativeiro, segundo a instituição.

Por enquanto, o pinguim de três meses de idade não tem nome, uma vez que o zoológico Gdansk ainda não sabe se ele é macho ou fêmea.

"Ele é tímido e está um pouco assustado... Nós não quisemos submetê-lo ao estresse de um minucioso exame médico", disse a diretora de marketing do zoológico, Emilia Salach.

Funcionários tem mantido a ave separada do restante dos pinguins por medo de que eles rejeitem o novo integrante devido à sua aparência incomum.

"Todo discrepante em um bando está mais exposto a rejeição e danos... Nós já podemos ver que ele ainda não foi aceito pela maior parte da nossa pequena família de pinguins", disse Emilia.

Atualmente, o pinguim albino vive com seus pais e com dois dos pinguins mais tranquilos do zoológico.

(Reportagem de Alicja Ptak)