Topo

Joe Biden diz que estratégia de reeleição de Trump "depende de difamar imigrantes"

25.abr.2019 - Ex-vice presidente Joe Biden anuncia sua pré-candidatura a campanha presidencial de 2020 pelo Partido Democrata - Divulgação/Campanha Biden/Reuters
25.abr.2019 - Ex-vice presidente Joe Biden anuncia sua pré-candidatura a campanha presidencial de 2020 pelo Partido Democrata Imagem: Divulgação/Campanha Biden/Reuters

Amanda Becker

24/06/2019 18h28

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em busca da nomeação democrata para a eleição presidencial de 2020, exigiu, nesta segunda-feira, cidadania aos imigrantes "sonhadores", trazidos aos EUA ilegalmente como crianças, e mais investimento em tecnologia nas fronteiras.

Os comentários de Biden foram realizados em um artigo de opinião para o jornal Miami Herald, antes do primeiro debate entre candidatos democratas, na Flórida, esta semana. Ele afirmou que o muro proposto pelo presidente republicano Donald Trump ao longo da fronteira com o México não impediria a entrada de drogas ou de imigrantes ilegais ao país.

A "estratégia de reeleição de Trump depende de difamar imigrantes para marcar pontos políticos, ao mesmo tempo em que são implementadas políticas que asseguram que refugiados e pessoas em busca de asilo continuem chegando a nossas fronteiras", escreveu Biden.

Ele afirmou que a maioria dos casos de imigração ilegal é resultado de indivíduos permanecendo no país além da duração dos seus vistos.

"É imperativo que mantenhamos nossas fronteiras seguras, mas 'construir um muro' é um slogan divorciado da realidade", disse Biden.

Ele não ofereceu detalhes sobre cidadania para os chamados "sonhadores", imigrantes que entraram o país ilegalmente como menores de idade.

Mais Notícias