Topo

Distribuidora de energia corta eletricidade de milhões na Califórnia conforme riscos de incêndios florestais aumentam

09/10/2019 20h34

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - A eletricidade de mais de 500 mil residências e empresas foi cortada nesta quarta-feira na Califórnia conforme a Pacific Gas and Electric Co impôs um apagão planejado de escala sem precedentes para reduzir riscos de incêndios florestais gerados por fortes ventos e clima quente e seco. 

Uma segunda fase do "apagão de energia para segurança pública" estava marcada para começar meio-dia (horário local), estendendo cortes para outros 234 mil clientes, segundo a distribuidora de energia. A empresa também considera uma terceira fase para mais 42 mil residências e empresas. 

Os cortes foram planejados para comunidades em 34 dos 58 condados do Estado, todos em áreas de serviço da empresa no norte e centro da Califórnia. 

Ventos fortes são previstos até meio-dia de quinta-feira, com rajadas isoladas de até 112 quilômetros por hora, afirmou a empresa no anúncio dos cortes. Assim que a energia é cortada, só é possível restaurá-la assim que os ventos diminuírem, permitindo inspeção de equipamentos para reparos, segundo a empresa. 

A distribuidora de energia alertou moradores a se preparem para apagões que podem durar diversos dias, mas a porta-voz Kristi Jourdan disse que a empresa espera restaurar eletricidade para a maior parte dos clientes "dentro de 24 a 48 horas após as condições meteorológicas passarem". 

No total, a medida pode deixar quase 800 mil residências e empresas, englobando milhões de pessoas, sem eletricidade, no maior apagão preventivo de eletricidade já adotado pela empresa. Dos seis últimos apagões, o maior aconteceu há um ano e afetou 60 mil clientes.

Mais Notícias