Topo

Donald Trump expressa "solidariedade" em ligação a presidente do México

19/10/2019 14h58

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, afirmou neste sábado que seu correspondente americano, Donald Trump, ligou para expressar sua "solidariedade" após a tentativa de prisão do filho de um chefe do tráfico de drogas que levou a uma onda de violência na cidade de Culiacán, no noroeste do país.

Homens armados do cartel cercaram aproximadamente 35 policiais e guardas nacionais na quinta-feira na capital do estado de Sinaloa e libertaram Ovidio Guzmán, um dos muitos filhos de Joaquin "El Chapo" Guzmán, após uma breve detenção motivar amplos conflitos armados e uma fuga da prisão que chocou o país.

"Recebi uma ligação do presidente Trump expressando sua solidariedade após os eventos em Culiacán. Eu o agradeço por respeitar nossa soberania e pelo seu desejo de manter uma política de boa vizinhança, baseada em cooperação para o desenvolvimento e o bem-estar de nosso povo", disse López Obrador, no Twitter.

(Reportagem de Anthony Esposito)

Notícias