PUBLICIDADE
Topo

Casos de coronavírus na Austrália ficam estáveis; navios de cruzeiro são enviados para casa

04/04/2020 15h33

Por Lidia Kelly

MELBOURNE (Reuters) - A Austrália relatou uma queda sustentada de novas infecções por coronavírus e conduziu a maior operação marítima em tempo de paz no Porto de Sydney neste sábado, reabastecendo navios de cruzeiro estrangeiros antes de expulsá-los das águas locais.

Os casos confirmados aumentaram 198 no período de 24 horas até a tarde de sábado, elevando o total nacional para 5.548, mostraram dados do Ministério da Saúde. O número de mortes por Covid-19, a doença respiratória causada pelo vírus, aumentou para 30.

Isso manteve a nova taxa diária de infecções do país em cerca de 5%, significativamente abaixo dos aumentos de 25% a 30% registrados há duas semanas, mas as autoridades enfatizaram que ainda é muito cedo para declarar vitória.

"O que eu realmente advertiria contra é pensar que passamos por isso completamente, porque definitivamente não conseguimos", disse o vice-diretor de saúde Paul Kelly, em uma entrevista na televisão.

"Nós realmente temos que ser muito vigilantes agora."

A Austrália impôs um distanciamento social rigoroso, incluindo a limitação de reuniões públicas a apenas duas pessoas. Fronteiras estaduais, cafés, clubes, parques e academias foram fechados. Vários Estados também deram à polícia o poder de aplicar as regras por meio de pesadas multas e até penas de prisão.

Notícias