PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Autoridade de Israel diz que país não tem envolvimento com explosão em Beirute

Homem ferido é socorrido após explosão perto do porto na capital libanesa Beirute, em 4 de agosto de 2020 - STR/AFP
Homem ferido é socorrido após explosão perto do porto na capital libanesa Beirute, em 4 de agosto de 2020 Imagem: STR/AFP

Da Reuters, em Jerusalém

04/08/2020 15h02

Israel não tem qualquer relação com a gigantesca explosão na região portuária de Beirute ocorrida hoje, disse uma autoridade israelense.

"Israel não tem nada a ver com o incidente", disse a autoridade, sob condição de anonimato.

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Gabi Ashkenazi, disse à emissora de TV N12 que a explosão foi provavelmente um acidente provocado por um incêndio.

Não há informações oficiais sobre o que causou o incidente, próximo a uma área portuária, mas imagens divulgadas pelas redes sociais mostram uma explosão de enormes proporções. Emissoras locais informaram que na região do porto ficavam armazéns de fogos de artifício.

A cúpula de segurança geral do Líbano afirmou que a explosão foi causada por chamas em um armazém onde material altamente explosivo estava armazenado - inclusive nitrato de sódio, substância usada para a fabricação de explosivos e fertilizantes. O material havia sido confiscado de um navio.

"Parece que há um armazém contendo materiais confiscados há anos, e parece que eram materiais muito explosivos", disse o diretor geral da Segurança Geral, Abbas Ibrahim, questionado por jornalistas na área. "Os serviços responsáveis estão realizando a investigação, e dirão qual é a natureza do incidente", acrescentou.

Internacional