Topo

Bolsonaro volta a defender cloroquina contra covid-19 e diz que desemprego leva à morte

13/08/2020 12h05

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender hoje o uso da hidroxicloroquina para o tratamento da covid-19, repetindo que ele é a prova viva da eficácia desse medicamento contra a doença. A eficiência da substância, porém, não tem base científica.

Em evento no Pará, o presidente lembrou os mais de 100 mil mortos no Brasil infectados pelo novo coronavírus e disse que caso tivessem sido tratadas lá atrás, essas vidas poderiam ter sido poupadas.

O presidente repetiu mais uma vez que o desemprego causa depressão e pode levar à morte também.

Desde o início da pandemia no Brasil, Bolsonaro tem insistido nas consequência econômicas da paralisação de atividades, imposta por governadores e prefeitos como meio de frear a disseminação do vírus.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bolsonaro volta a defender cloroquina contra covid-19 e diz que desemprego leva à morte - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Coronavírus