PUBLICIDADE
Topo

Hezbollah diz que "está nas mãos" do Irã responder a assassinato de cientista

27/11/2020 20h15

BEIRUTE (Reuters) - O vice-líder do Hezbollah afirmou nesta sexta-feira que a reação ao assassinato do cientista iraniano Mohsen Fakhrizadeh está nas mãos do Irã, país que apoia o movimento islâmico xiita.

"Condenamos este ataque hediondo e vemos que a resposta a esse crime está nas mãos dos interessados no Irã", disse o xeique Naim Qassem em uma entrevista à televisão Al Manar.

Segundo ele, Fakhrizadeh teria sido morto por "aqueles patrocinados pela América e Israel" e o assassinato seria parte de uma guerra contra o Irã e a região.