PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Proibição de voos por variante brasileira de coronavírus é precaução, diz ministro britânico

Variante do coronavírus detectada no Brasil é suficientemente significativa para proibir voos da América do Sul, diz Grant Shapps - Getty Images/iStockphoto
Variante do coronavírus detectada no Brasil é suficientemente significativa para proibir voos da América do Sul, diz Grant Shapps Imagem: Getty Images/iStockphoto

Alistair Smout

15/01/2021 09h46

A variante do coronavírus detectada no Brasil é suficientemente significativa para justificar a proibição de voos vindos da América do Sul como uma precaução, disse o ministro dos Transportes do Reino Unido, Grant Shapps hoje, acrescentando que a medida não significa que as vacinas não funcionarão contra a variante.

"Assim como com a variante que vimos em Kent (no sul da Inglaterra) e na África do Sul, esta é suficientemente de interesse significativo para tomarmos essa abordagem de precaução e parar todos os voos do Brasil e da América do Sul", disse Shapps à Sky News.

"Nossos cientistas não estão dizendo que a vacina não vai funcionar contra ela... (mas) não queremos tropeçar neste momento final (de lançamento da vacina), é por isso que tomamos a decisão como uma precaução extra de proibir esses voos."

Internacional