PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

AstraZeneca diz que vacina contra Covid-19 foi 76% eficaz em nova análise e pedirá aprovação nos EUA

25/03/2021 08h59

Por Rocky Swift e Swati Pandey

(Reuters) - A AstraZeneca disse que sua vacina contra Covid-19 foi 76% eficaz em uma nova análise de seu teste nos Estados Unidos, só um pouco menor do que o nível de um relatório anterior desta semana, criticado por usar dados desatualizados.

Dados provisórios publicados na segunda-feira haviam estimado a taxa de eficácia da vacina em 79%, mas não incluído infecções mais recentes, o que provocou uma refutação pública altamente incomum das autoridades de saúde norte-americanas.

A revisão modesta da taxa de eficácia contribuirá muito para a vacina retomar o caminho de uma autorização de uso emergencial dos EUA --que a empresa planeja pedir nas próximas semanas-- e ajudará os esforços da AstraZeneca para dissipar as dúvidas sobre sua eficácia e efeitos colaterais, disseram especialistas independentes.

A AstraZeneca também reiterou que a vacina, desenvolvida com a Universidade de Oxford, foi 100% eficaz contra formas graves ou críticas da doença. Houve oito casos graves, todos entre participantes do teste que receberam um placebo.

"A eficácia da vacina contra doenças graves, incluindo mortes, coloca a vacina AZ no mesmo nível das outras vacinas", disse William Schaffner, especialista em doenças infecciosas da Escola de Medicina da Universidade Vanderbilt, acrescentando que acredita que o imunizante será aprovado nos EUA.

Os dados mais recentes se basearam em 190 infecções entre mais de 32.400 participantes nos EUA, Chile e Peru. Os dados provisórios anteriores se basearam em 141 infecções surgidas até 17 de fevereiro.

Eles também mostraram que a vacina teve uma eficácia de 85% em adultos de 65 anos ou mais, mais do que a taxa de 80% informada na segunda-feira.

A AstraZeneca disse que os dados mais recentes foram apresentados ao organismo independente de supervisão de testes, a Comissão de Monitoramento de Segurança de Dados, e que planeja submeter a análise a uma publicação endossada pela comunidade científica nas próximas semanas.

"A análise primária é condizente com nossa análise provisória divulgada anteriormente, e confirma que nossa vacina contra Covid-19 é altamente eficaz em adultos", disse Mene Pangalos, vice-presidente executivo de Pesquisa e Desenvolvimento de biofármacos da AstraZeneca, em um comunicado.

A farmacêutica acrescentou que há 14 casos adicionais possíveis ou prováveis a serem analisados, por isso os números de atualizações posteriores dos resultados do teste podem flutuar ligeiramente.

(Por Rocky Swift em Tóquio, Swati Pandey em Sydney, Peter Henderson em San Francisco e Shubham Kalia em Bengaluru)