PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Irã culpa Israel por blecaute em usina nuclear de Natanz e promete vingança

12/04/2021 14h30

Por Parisa Hafezi

DUBAI (Reuters) - O Irã acusou seu arquirrival Israel nesta segunda-feira de sabotar sua usina nuclear crucial de Natanz e prometeu vingança de um ataque que parece ter sido o episódio mais recente de uma guerra de bastidores duradoura.

O site de notícias semioficial iraniano Nournews disse que a pessoa que causou a pane elétrica em um dos saguões de produção da usina de enriquecimento de urânio subterrânea foi identificada. "Medidas necessárias estão sendo tomadas para prender esta pessoa", relatou o site, sem dar detalhes.

O incidente ocorreu em meio a esforços diplomáticos do Irã e dos Estados Unidos para ressuscitar o acordo nuclear de 2015 de Teerã com grandes potências, ao qual Israel se opôs duramente e do qual o ex-presidente norte-americano Donald Trump desligou seu país três anos atrás.

Na semana passada, o Irã e as potências globais realizaram o que descreveram como conversas "construtivas" para salvar o pacto, que desandou à medida que o Irã passou a violar seus limites de enriquecimento de urânio sensível em reação ao fato de Trump ter reativado sanções rigorosas contra Teerã.

Autoridades iranianas descreveram o incidente um dia antes como um ato de "terrorismo nuclear" e disseram que Teerã se reserva o direito de agir contra os perpetradores.

Ainda nesta segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, culpou explicitamente Israel.

Israel, cuja existência o Irã não reconhece, não comentou formalmente o incidente.

(Reportagem adicional de Dan Williams e Ari Rabinovitch em Jerusalém, Francois Murphy em Viena e Alexander Ratz em Berlim)