PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

México diz ter 12 mil agentes na fronteira para conter imigração

13/04/2021 19h05

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O governo do México anunciou nesta terça-feira que destacou pelo menos 12 mil agentes para o sul do país para lidar com um aumento no volume de chegadas de imigrantes, e pediu que os centro-americanos não levem crianças na travessia para facilitar a passagem. 

Falando após a Casa Branca dizer que o México tinha 10 mil agentes na fronteira sul com a Guatemala para conter a imigração, o ministro das Relações Exteriores Marcelo Ebrard disse em uma coletiva de imprensa que o fluxo de crianças imigrantes estava em níveis sem precedentes. 

Ebrard e o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, expressaram preocupações com o fato de que crianças estariam sendo usada por traficantes humanos para facilitar que imigrantes atravessem para o México, e pediram que os centro-americanos desistissem da tática.

"Isso é sério", disse López Obrador.

Traficantes de pessoas costumam aconselhar os imigrantes a enviar crianças na jornada para o norte para aproveitar vantagens de proteção oferecidas a menores, dizem autoridades.

Na segunda-feira, o governo dos Estados Unidos se referiu ao comprometimento do México para destacar equipes de segurança enquanto cresce a pressão sobre o presidente Joe Biden para conter o número de chegadas de imigrantes na fronteira norte-americana com o México.

Ebrard afirmou que pelo menos 12 mil agentes, entre eles membros da Guarda Nacional do país, equipes da autoridade nacional de imigração e autoridades de saúde e assistência social, estavam trabalhando há semanas em vários Estados do sul do país para lidar com o desafio.

"Nós nunca vimos tráfico de menores nesta escala", disse o chanceler, apontando que o governo precisou aumentar suas instalações e infraestrutura para tomar conta de crianças imigrantes. 

(Reportagem de Raul Cortes)