PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Beatriz Ferreira e Hebert Conceição vencem e estão na final do boxe em Tóquio

05/08/2021 08h56

(Reuters) - Os brasileiros Beatriz Ferreira (60kg) e Hebert Conceição (75kg) avançaram para a disputa da medalha de ouro no boxe após conquistarem vitórias nas semifinais dos Jogos Olímpicos de Tóquio nesta quinta-feira.

Beatriz venceu a finlandesa Mira Potkonen, bronze na Rio 2016, mostrando agressividade desde o início do combate e vencendo por 5 a 0 na decisão da arbitragem.

"Estar no pódio é o objetivo final, mas separamos por metas. É degrau por degrau. Fui alimentando isso, estudando as adversárias e hoje estou feliz aqui, mas ainda não acabou. Tenho isso em mente", disse Bia, segundo nota no site do Time Brasil.

A brasileira enfrentará na decisão a irlandesa Kellie Harrington. "Queria muito essa luta. Participamos de alguns campeonatos, mas infelizmente não chegamos a lutar. Ela é campeã mundial, tem todo o meu respeito e estou bem ansiosa para esse espetáculo. Espero sair com a vitória e mandar essa medalha para o meu pai", afirmou.

Uma hora depois, foi a vez de Hebert Conceição vencer na semifinal o russo Gleb Bakshi, campeão mundial da categoria em 2019 e algoz do brasileiro na ocasião.

"Estava um pouco tenso antes da luta, como sempre fico. Acho que temos que ter essa adrenalina, treinei muito com a minha equipe. Foi bom que consegui reverter mais essa revanche. Peguei uma chave muito dura", contou o atleta que, assim como Bia, é natural de Salvador.

Com estes resultados, o boxe brasileiro chega a duas finais olímpicas em uma mesma edição dos Jogos pela primeira vez em sua história. Antes deles, Abner Teixeira (91kg) já havia assegurado a medalha de bronze após alcançar a semifinal do torneio, na qual foi derrotado pelo cubano Julio César de La Cruz.

O boxe é, ao lado do skate, a modalidade que garantiu o maior número de medalhas ao Brasil em Tóquio: três.