PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

REEDIÇÃO-Seis morrem em ataque em universidade russa; atirador está hospitalizado

20/09/2021 11h45

(Republica reportagem para retirar parágrafo repetido)

MOSCOU (Reuters) - Um estudante munido de um rifle de caça abriu fogo em uma universidade da cidade russa de Perm nesta segunda-feira, matando ao menos seis pessoas e ferindo muitas outras, disseram investigadores.

Alunos em pânico saltaram de janelas do primeiro andar para fugir da Universidade de Perm, localizada cerca de 1.300 quilômetros a leste de Moscou, mostraram imagens da mídia.

"Havia cerca de 60 pessoas em nossa sala de aula. Fechamos a porta e fizemos uma barricada com cadeiras", disse o estudante Semyon Karyakin à Reuters.

O atirador foi ferido depois de resistir à prisão e está sendo tratado em um hospital, informou o Comitê de Investigação em um comunicado.

Natalia Pechishcheva, porta-voz da universidade, havia dito mais cedo que o atirador foi "liquidado", mas mais tarde disse que ele estava sob custódia da polícia. Imagens do local mostraram seu corpo prostrado do lado de fora.

O atirador foi identificado como um estudante da universidade que obteve o rifle de caça em maio, disse o Comitê de Investigação.

A mídia local o identificou como um aluno de 18 anos que havia publicado em uma rede social uma foto de si mesmo posando com um rifle, capacete e munição. Não foi possível verificar a foto de maneira independente.

"Eu pensei sobre isso por muito tempo, já se passaram anos, e percebi que chegou a hora de fazer o que eu sonhei", disse uma postagem em uma conta de mídia social atribuída a ele que mais tarde foi retirada do ar.

Isso indicaria que suas ações não teriam relação com política e religião, mas seriam motivadas pelo ódio.

(Por Anton Kolodyazhnyy e Anton Zverev)