PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
2 meses

Governo indiano quer rever reabertura por receio da variante ômicron

Primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, quer revisar planos de aliviar restrições de viagens no país por causa da nova variante ômicron - India"s Press Information Bureau/Reuters
Primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, quer revisar planos de aliviar restrições de viagens no país por causa da nova variante ômicron Imagem: India's Press Information Bureau/Reuters

27/11/2021 13h23

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse às autoridades neste sábado para revisar planos para aliviar as restrições de viagens no país conforme aumentam as preocupações com a nova variante ômicron de covid-19.

O segundo país mais afetado pela pandemia havia decidido na sexta-feira retomar os voos internacionais de países considerados "em risco" pelo coronavírus, ao mesmo tempo em que ordenou o controle de fronteiras.

Mas depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a nova variante era "preocupante", Modi "destacou a necessidade de monitorar todas as chegadas internacionais, seus testes de acordo com as diretrizes, com um foco específico nos países identificados como 'em risco'", disse o governo em um comunicado após Modi se reunir com autoridades para analisar a situação.

A OMS disse que a ômicron, inicialmente detectada na África do Sul, pode se espalhar mais rapidamente que outras variantes.

Esta semana, a Índia registrou o menor aumento em novos casos em um ano e meio em meio ao aumento da vacinação. O número de casos diários no país caiu pela metade desde setembro, com a notificação de 8.318 novos casos nas últimas 24 horas.

Mas a nova variante levantou alarmes globais e assustou os mercados financeiros.

Modi disse que as pessoas devem ser mais cautelosas e tomar os devidos cuidados, como o uso de máscaras e a realização de distanciamento social.

Ele "falou sobre a necessidade de ser proativo à luz da nova variante", disse o comunicado.