PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

UE avalia usar ativos congelados de oligarcas russos para reconstruir Ucrânia

19/05/2022 20h13

BERLIM (Reuters) - A União Europeia está procurando formas de usar ativos congelados de oligarcas russos para financiar a reconstrução da Ucrânia após a guerra, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, nesta quinta-feira.

A comissão propôs um empréstimo de 9 bilhões de euros para a Ucrânia manter o país em funcionamento enquanto luta para se defender da invasão russa e quer montar uma instalação de reconstrução para depois da guerra.

"Nossos advogados estão trabalhando intensamente para encontrar possíveis maneiras de usar os ativos congelados dos oligarcas para a reconstrução da Ucrânia. Acho que a Rússia também deve dar sua contribuição", disse ela à televisão ZDF.

Von der Leyen também afirmou ser a favor de unir a reconstrução de longo prazo da Ucrânia com as reformas necessárias para a adesão à União Europeia.

Embora os ucranianos vejam seu futuro dentro da UE, certos padrões devem ser atendidos para a adesão em áreas como o Estado de Direito e nas esferas econômica e política, disse ela.

"O processo de adesão depende muito de como o candidato se comporta e o que ele faz. A Ucrânia quer ingressar na UE a qualquer preço, o que significa que a motivação é grande para empreender as reformas necessárias", declarou ela.

"Teremos que cofinanciar a reconstrução da Ucrânia... faz sentido abordar as reformas ao mesmo tempo, por exemplo, contra a corrupção ou a construção do Estado de Direito", disse ela.

(Reportagem de Madeline Chambers)