PUBLICIDADE
Topo

Guerra da Rússia-Ucrânia

Notícias do conflito entre Rússia e Ucrânia


Conteúdo publicado há
1 mês

Ex-presidente russo diz que ação da Otan na Crimeia poderá levar à 3ª Guerra Mundial

07.mai.2012 - Ex-presidente da Rússia Dmitry Medvedev (esq.) discursa durante a cerimônia de posse do seu sucessor, Vladimir Putin (centro) - Vladimir Rodionov/AFP Photo
07.mai.2012 - Ex-presidente da Rússia Dmitry Medvedev (esq.) discursa durante a cerimônia de posse do seu sucessor, Vladimir Putin (centro) Imagem: Vladimir Rodionov/AFP Photo

Ronald Popeski e Lidia Kelly

Em Winnipeg e Melbourne

27/06/2022 20h51Atualizada em 28/06/2022 07h07

Qualquer incursão na península da Crimeia por um Estado-membro da Otan pode equivaler a uma declaração de guerra à Rússia que pode levar à "Terceira Guerra Mundial", disse o ex-presidente da Rússia Dmitry Medvedev nesta segunda-feira.

"Para nós, a Crimeia é parte da Rússia. E isso significa para sempre. Qualquer tentativa de invadir a Crimeia é uma declaração de guerra contra nosso país", disse Medvedev ao site de notícias Argumenty i Fakty.

"E se isso for feito por um Estado-membro da Otan, isso significa conflito com toda a aliança do Atlântico Norte; uma Terceira Guerra Mundial. Uma catástrofe completa."

Medvedev, agora vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, também disse que se a Finlândia e a Suécia se juntarem à Otan, a Rússia fortalecerá suas fronteiras e estará "pronta para medidas de retaliação", e isso poderia incluir a perspectiva de instalar mísseis hipersônicos Iskander "em seu limiar".