PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Presidente do Parlamento russo diz que Ucrânia pressiona Moscou a expandir objetivos militares

05/07/2022 07h43

MOSCOU (Reuters) - O presidente da Duma, o Parlamento da Rússia, Vyacheslav Volodin, disse nesta terça-feira que a Ucrânia estava fazendo "tudo" para garantir que as tropas de Moscou não interrompessem sua "operação militar especial" nas fronteiras das autoproclamadas República Popular de Donetsk e da República Popular de Luhansk no leste da Ucrânia, informou a agência RIA Novosti.

Moscou no domingo reivindicou a "libertação" de todo a área reivindicada pelos separatistas da República Popular de Luhansk, no território da província de Luhansk, e está prosseguindo com sua campanha para tirar do controle de Kiev o território vizinho, reivindicado pela República Popular de Donetsk.

Mas suas forças também assumiram o controle da cidade de Kherson e de grandes partes das regiões de Kherson e Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia, e bombardearam alvos em todo o país, bem como fizeram uma tentativa de avanço, posteriormente abandonada, sobre a capital Kiev.

(Reportagem da Reuters)