PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Líder norte-coreano convoca conferência para fortalecer partido "monolítico"

07/07/2022 10h40

Por Josh Smith

SEUL (Reuters) - O líder norte-coreano, Kim Jong Un, convocou uma conferência sem precedentes com o objetivo de fortalecer a liderança "monolítica" do Partido dos Trabalhadores da Coreia em toda a sociedade, informou a mídia estatal nesta quinta-feira.

A conferência foi a primeira deste tipo e envolveu "realizar a consolidação organizacional e ideológica das fileiras do Partido em todos os sentidos" e reforçar o papel de liderança da legenda, disse a agência de notícias estatal KCNA.

O evento concentrou-se nas seções "diretrizes de vida", que são organizações poderosas que monitoram e policiam a lealdade de autoridades e membros em todo o país.

De acordo com um relatório de 2019 do Comitê para os Direitos Humanos na Coreia do Norte (HRNK), com sede nos EUA, a orientação da vida partidária é "seguramente a função mais crítica" do partido governista na Coreia do Norte.

Como parte do poderoso Departamento de Organização e Orientação, as "diretrizes de vida" monitoram tendências e padrões de comportamento individual, particularmente aqueles que podem prejudicar os interesses do líder supremo, disse o relatório da HRNK.

Suas técnicas incluem sessões regulares de autocrítica, em que os participantes são obrigados a confessar seus erros e enfrentar acusações de outros membros. Também é responsável por transmitir as orientações dos líderes de maior escalão e desempenha um papel na seleção de quais candidatos podem concorrer nas eleições.