Raios e trovoadas colocam França em estado de alerta

O mês de maio está registrando um recorde de raios desde o ano 2000 na França. Nesta-feira (29), as luzes de uma tempestade atravessaram os céus de Paris, que também registrou inundações e interrupção do tráfego de algumas linhas do metrô.

Quarenta e uma regiões francesas foram colocadas em alerta, em razão do risco elevado de tempestades. Desde o início do mês, mais de 157 mil raios caíram na capital, segundo o site de monitoramento do serviço de meteorologia francês Météo France. "A intensidade do fenômeno não é excepcional, o que é excepcional é o fato que ele chega mais cedo do que costume. Geralmente, as tempestades são comuns no verão", diz o meteorologista Patrick Galois.

O fenômeno se explica pela manutenção de uma massa de ar quente e úmida, que favorece essa situação. "Essa primavera europeia tem uma particularidade: a atmosfera está um pouco "invertida". O ar quente se situa no norte da Europa e o ar fresco no sul", explicou Galois, lembrando que um "anticiclone se situa sobre a Escandinávia há várias semanas". A cidade de Toulouse, no sudoeste da França, registrou um mês de maio mais fresco do que Oslo, na Noruega, onde as temperaturas giram em torno de 29°.

As tempestades já deixaram uma vítima: uma menina de seis anos foi atingida por um galho de uma árvore que caiu neste sábado (26) em um parque perto de Laval, no oeste do país. A região vinícola de Bordeaux também teve 7.100 hectares - cerca de 5% do território, atingidos neste fim de semana. Na região de Champagne, o mau tempo afetou 1800 hectares de plantações, e cerca de mil deles foram totalmente destruídos.

Em Paris, mau tempo afeta metrô

As chuvas que caíram na capital francesa atrapalharam o tráfego no metrô. A apresentação do futuro dispositivo de segurança em frente à torre Eiffel também foi cancelada. Até o torneio de tênis de Roland Garros precisou ser interrompido. As três últimas partidas da terceira jornada da competição, entre Chardy-Berdych, Mayer-Benneteau e Polansky-Herbert, foram interrompidas às 20h50 no horário local nesta terça-feira por conta da chegada da tempestade.

No Twitter, vários internautas publicaram fotos dos raios que atingiram a capital. Como essa imagem, publicada pelo repórter do jornal "Le Parisien", Yann Foreix, de tirar o fôlego, que teve mais de mil "curtidas" na rede social.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos