"We Love Green": Paris se torna palco de festival de música 100% ecológico

O festival francês We Love Green, que chega a sua oitava edição nesse fim-de-semana, ganhou espaço na cena musical da França ao propor um evento inteiramente ...

Com informações de Grégoire Sauvage

O We Love Green, que acontece nos dias 2 e 3 de junho em Paris, se apresenta como um festival engajado e preocupado com os conflitos atuais.

"A ideia era recomeçar do zero com relação à organização e à produção de um evento efêmero. O We Love Green é uma celebração cujo objetivo é sensibilizar a opinião, influenciar os públicos, modificar os comportamentos e criar um movimento do qual todo cidadão pode participar", diz o comunicado no site do evento.  

A RFI conversou com Maria Sabot, criadora do evento, que se tornou, aos 47 anos, uma figura inevitável dos festivais franceses. De família vinicultora, Sabot afirma ter testemunhado o fim das pequenas empresas familiares em razão da chegada de grandes corporações no fim dos anos 1980 e que essa é uma das fontes de seu engajamento ecológico hoje.

"Eu vi um modelo econômico se transformar, uma industrialização chegar com muitos pesticidas, e isso provocou um choque no meio da vinicultura", disse a empreendedora.

O modelo do We Love Green se inspira da cultura escandinava, mas também do Fuji Rock Festival, no Japão. "Eles têm um trabalho colossal na reciclagem do lixo, um verdadeiro 'trabalho de formiga', que tentamos reproduzir aqui", afirma Maria Sabot.

Num cenário global com mais de 70.000 festivais, o We Love Green começa a ganhar espaço e a ser conhecido internacionalmente. Nesse ano, a estrela Björk veio exclusivamente à França para participar do evento. Outros grupos e artistas como Migos, Charlotte Gainsbourg e Oumou Sangaré também estão na programação.

Diversas ações para chegar a um resultado 100% sustentável

São várias ações propostas para que o festival seja realmente "sustentável": a energia utilizada no evento é criada no próprio local com geradores movidos a óleo vegetal. Além disso, um dos palcos é alimentado por painéis solares.

Quanto à comida, parte importante para quem passa o dia inteiro de pé, o We Love Green oferece pratos feitos com produtos locais e biológicos. Já os congeladores são compartilhados entre os vendedores. "Para limitar a consumação de energia, em 2017 somente 10 caminhões frigoríficos foram utilizados, no lugar de 39 para nossos 39 vendedores", diz o comunicado do festival.

A reciclagem é um dos artistas principais do evento: 100% das embalagens utilizadas são biodegradáveis. O público também encontra centros de reciclagem e de recolha de cigarros, que serão em seguida enviados à primeira usina francesa de reutilização do material.  

Além disso, os bilhetes para o festival são apenas virtuais e devem ser apresentados com o smartphone – onde o público também tem acesso ao programa. Nenhum panfleto é distribuído durante o evento, reduzindo assim o uso do papel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos