PUBLICIDADE
Topo

Trump ataca Banco Central americano por altas taxas de juros

25/12/2018 17h14

O presidente americano, Donald Trump, voltou a atacar nesta terça-feira (25) a política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central americano), atribuindo a queda dos mercados às altas taxas de juros do BC.

O presidente americano, Donald Trump, voltou a atacar nesta terça-feira (25) a política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central americano), atribuindo a queda dos ...

Com os índices da bolsa se encaminhando ao seu pior desempenho em dezembro desde a Grande Depressão, em 1929, Trump tem repreendido regularmente o Fed por sua gestão da economia.

"Estão elevando as taxas rápido demais porque pensam que a economia está muito bem", disse Trump aos jornalistas em uma sessão de perguntas e respostas, após sua teleconferência anual de Natal com as tropas americanas.

"Mas penso que entenderão muito em breve", acrescentou o presidente, que qualificou o Fed, que supostamente deve ser gerenciado de forma independente do governo, de "louco" e "fora de controle".

Queda nos mercados asiáticos

Os comentários de Trump ocorreram depois que os mercados asiáticos sofreram uma queda durante as festas por temores sobre a economia americana e a paralisação parcial do governo federal em Washington, agora em seu quarto dia.

Fechada na segunda-feira por um feriado nacional, a Bolsa de Tóquio abriu em queda nesta terça e amargou seu pior fechamento desde abril de 2017, após uma sessão brutal, abreviada pelo feriado em Wall Street, que viu as ações americanas despencarem pela quarta sessão consecutiva.

Os mercados internacionais foram afetados pelas incertezas nos Estados Unidos, com críticas ao secretário do Tesouro, Stephen Mnuchin, por manter contatos com os seis maiores bancos dos EUA e depois informar, pelo Twitter, que os seis diretores-gerais garantiram-lhe que têm "suficiente liquidez".

(Com informações da AFP)