PUBLICIDADE
Topo

Prováveis destroços do avião que transportava Emiliano Sala são encontrados em praia da França

30/01/2019 13h29

Pedaços dos assentos do avião que transportava o jogador argentino Emiliano Sala, desaparecido desde 21 de janeiro, foram encontrados em uma praia de Cotentin, no nordeste da França. O Escritório de Investigações de Acidentes Aéreos do Reino Unido (AAIB) divulgou a informação nesta quarta-feira (30).

Pedaços dos assentos do avião que transportava o jogador argentino Emiliano Sala, desaparecido desde 21 de janeiro, foram encontrados em uma praia de Cotentin, no nordeste da ...

Segundo o comunicado, na segunda-feira (28), o Escritório de Investigações e Análises da França (BEA) indicou ter localizado um pedaço de uma poltrona na praia de Surtainville, no nordeste da França. Destroços de um segundo assento foram recolhidos na mesma região, no mesmo dia. "Após uma análise, concluímos que é provável que os assentos sejam do avião desaparecido", afirma o documento.

Os investigadores afirmam que realizarão buscas submarinas no próximo fim de semana para tentar encontrar a aeronave, em colaboração com os trabalhos que vêm sendo financiados pela família do jogador. "Um sonar será utilizado para tentar localizar a carcaça do aparelho no fundo do mar. Se ela for encontrada, um veículo telecomandado fará o reconhecimento visual dos destroços", diz o comunicado.

Desaparecimento

O avião monomotor Piper PA-46 Malibu transportando Sala em direção ao Reino Unido sumiu no dia 21 de janeiro sobre o Canal da Mancha. A aeronave desapareceu dos radares por volta das 18h20 (horário de Brasília) a cerca de 20 quilômetros da ilha britânica de Guernsey.

A polícia britânica procurou pelo avião por três dias, explorando a costa, falésias e ilhas com a ajuda de três aviões, cinco helicópteros e vários barcos, antes de encerrar os trabalhos. Uma coleta de fundos realizada pela família de Sala conseguiu reunir recursos suficientes para realizar operações privadas de busca. A iniciativa mobilizou vários craques franceses, como Kylian Mbappé, Adrien Rabiot e Dimitri Payet, que contribuíram com valores generosos. 

Sala, de 28 anos, tinha acabado de ser transferido do Nantes, da Primeira Divisão francesa, para o Cardiff, equipe da Premier League. Em uma mensagem de áudio enviada para amigos pelo WhatsApp pouco antes do sumiço do avião, o jogador manifestou sua preocupação com o estado da aeronave.

"Estou aqui em cima em um avião que parece estar caindo aos pedaços, indo para Cardiff", disse. "Se em uma hora e meia não tiverem notícias minhas, não sei se vão mandar alguém me buscar, porque não vão me encontrar, mas já sabem. Papai! Que medo eu tenho", declarou.