PUBLICIDADE
Topo

Ataque com faca deixa dois mortos na França

04/04/2020 10h22

O ataque aconteceu neste sábado (4) em Romans-sur-Isère, cidade do sudeste da França. O autor das facadas foi detido. A tese de um atentado terrorista não é descartada.

O ataque aconteceu neste sábado (4) em Romans-sur-Isère, cidade do sudeste da França. O autor das facadas foi detido. A tese de um atentado terrorista não é descartada.

O ataque aconteceu durante a manhã. O homem agrediu as pessoas nas ruas do centro da cidade. Seu principal alvo foram clientes que faziam fila do lado de fora de uma padaria, respeitando as normas de distanciamento impostas pela epidemia de coronavírus. O agressor também teria entrado em várias lojas e tentado esfaquear fregueses e funcionários.

Segundo o último balanço, duas pessoas morreram e ao menos seis ficaram feridas, quatro delas em estado grave. A prefeita da cidade, Marie-Hélène Thoraval, informou que o agressor foi detido e está levemente ferido.

Suspeito é um refugiado

De acordo com as primeiras investigações, o suspeito é um refugiado sudanês, que pediu asilo político à França. Ele tem cerca de 30 anos. Testemunhas afirmam que ele teria gritado "Allah Akbar" ("Deus é grande"), no momento do ataque, mas suas motivações ainda são desconhecidas.

A polícia judiciária de Lyon está encarregada das investigações. No entanto, a justiça antiterrorista francesa avalia a situação para determinar se o caso será tratado como um atentado terrorista.

O ataque abala ainda mais o país, traumatizado pela epidemia de coronavírus. A França vive sua terceira semana de confinamento, iniciado em 17 de março para tentar frear a propagação da doença. O pico de contaminações é esperado neste final de semana. Nas últimas 24 horas, 588 pessoas morreram, elevando para 6.507 o número de mortos no país. Mais de 64.300 pessoas foram contaminadas.