PUBLICIDADE
Topo

Índia assina tratado de cooperação militar com Rússia, apesar de ameaça de sanção dos EUA

06/12/2021 15h35

A Rússia e a Índia assinaram uma série de acordos comerciais e de venda de armamentos nesta segunda-feira (6), durante uma reunião em Nova Delhi entre o presidente russo Vladimir Putin e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi.

A Rússia e a Índia assinaram uma série de acordos comerciais e de venda de armamentos nesta segunda-feira (6), durante uma reunião em Nova Delhi entre o presidente russo Vladimir Putin e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi.

Putin visitou a Índia com seus ministros de Defesa e Relações Exteriores para fortalecer os laços entre Nova Delhi e Moscou, o que resultou na assinatura de um pacto de cooperação militar até 2031 e um compromisso de aumentar o comércio anual de armas para US$ 30 bilhões (R$ 170 bilhões) até 2025.

Rússia e Índia "reiteraram sua intenção de fortalecer a cooperação em matéria de defesa, inclusive no desenvolvimento conjunto da produção de equipamentos militares", disseram os dois países em um comunicado conjunto emitido após a reunião.

Fuzis e defesa aérea

Além de um acordo segundo o qual a Índia produzirá mais de 600.000 fuzis de assalto russos AK-203, a Rússia indicou que deseja continuar fornecendo aos indianos sistemas de mísseis de defesa aérea S-400.

O ministro das Relações Exteriores da Índia, Harsh Vardhan Shringla, disse que os dois países assinaram 28 pactos de investimento, incluindo acordos em aço, construção naval, carvão e energia.

Este acordo com Moscou coloca a Índia em risco de sofrer sanções dos Estados Unidos, segundo uma lei norte-americana de 2017 que visa dissuadir os países de comprar equipamento militar russo.

Com informações da AFP