PUBLICIDADE
Topo

"Defesa do Brasil é um verdadeiro muro", diz site francês sobre seleção nas Eliminatórias

28/01/2022 08h38

A imprensa francesa comenta nesta sexta-feira (28) o empate entre Brasil e Equador (1 a 1) nas eliminatórias da Copa do Catar-2022. Apesar da seleção ter entrado em campo já qualificada, o Equador impôs um jogo difícil ao Brasil, com muitas faltas. As duas equipes ouviram o apito final reduzidas a 10 jogadores. 

A imprensa francesa comenta nesta sexta-feira (28) o empate entre Brasil e Equador (1 a 1) nas eliminatórias da Copa do Catar-2022. Apesar da seleção ter entrado em campo já qualificada, o Equador impôs um jogo difícil ao Brasil, com muitas faltas. As duas equipes ouviram o apito final reduzidas a 10 jogadores. 

O jornal L'Équipe e o site Eurosport destacam que Alisson só não foi expulso porque a revisão do VAR acabou anulando dois cartões vermelhos recebidos pelo goleiro brasileiro. Mesmo assim, os franceses continuam impressionados com a qualidade da defesa da seleção de Tite. 

O Brasil só tomou 5 gols em 16 jogos no ano passado, recorda o site Eurosport. "A defesa brasileira é um verdadeiro muro", diz a reportagem. Além de contar com dois dos melhores goleiros do planeta - Ederson (Manchester City) e Alisson (Liverpool), o site esportivo se pergunta se o trio de zagueiros centrais formado por Thiago Silva, Marquinhos e Eder Militão não seria o melhor do próximo Mundial. 

Aos 37 anos, Thiago Silva continua imponente e teve uma atuação deslumbrante no clássico do Chelsea contra o Tottenham (2-0), escreve o repórter do canal Eurosport. "O ex-jogador do PSG continua sendo um dos mais completos zagueiros do planeta, preciso em sua movimentação e na recuperação de bolas", destaca a reportagem.

Marquinhos aprendeu com Thiago Silva e se tornou indispensável, ganhando uma nova dimensão desde que o ex-companheiro deixou o PSG. "Sob o comando do ex-técnico do PSG Thomas Tuchel, Marquinhos desenvolveu um passe de qualidade, particularmente nas jogadas de longa distância, o que consolidou ainda mais seu status como um dos melhores jogadores do mundo em sua posição", exorta o texto.

Já Éder Militão, que briga por um espaço de titular na seleção de Tite, tornou-se o  líder da defesa no Real Madrid. "Ele tem uma velocidade impressionante, e comete muito poucos erros", afirma a reportagem do Eurosport, salientando que a derrota de 1-0 em Getafe foi "uma exceção à regra".

O site especializado lembra que outros países têm jogadores fortes na defesa central: Holanda (Virgil van Dijk, Matthijs de Ligt, Stefan de Vrij), França (Raphaël Varane, Lucas Hernandez, Jules Koundé e Presnel Kimpembe), Itália (Leonardo Bonucci, Giorgio Chiellini, Francesco Acerbi) e Portugal (Ruben Dias, Pepe, José Fonte). "Entretanto, nenhuma dessas equipes pode igualar a forma atual do Brasil ou sua experiência na seleção nacional", conclui a reportagem. 

Neymar: três semanas para se recuperar

O jornal Le Parisien relata que Neymar voltou aos treinos ontem com o PSG, depois da contusão no tornozelo esquerdo ocorrida em novembro. O atacante tem três semanas para retomar a forma e totalmente recuperado para enfrentar o Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões, programada para 15 de fevereiro. Mas com Neymar é sempre a mesma novela: será que ele vai jogar

O jornal ouve um especialista que considera que o brasileiro sofreu uma lesão grave. Depois de 61 dias ausente dos gramados, "não é uma tarefa fácil recuperar os movimentos, a elasticidade e a tonicidade do ligamento". Se tudo correr bem, Neymar poderá entrar em campo em 12 de fevereiro, no jogo do PSG contra o Rennes pelo Campeonato Francês. Será o único teste antes do Real Madrid desembarcar na capital francesa.