Clinton e Bush chegam hoje ao Haiti para avaliar situação do país

Da EFE

Em Porto Príncipe

Os ex-presidentes dos Estados Unidos Bill Clinton e George W. Bush fazem hoje (22) uma visita ao Haiti para avaliar a situação atual do país após o terremoto de 12 de janeiro e a apenas dez dias da conferência mundial de países doadores que será realizada em Nova York em prol da nação caribenha.

A agenda dos dois ex-presidentes não foi divulgada até agora pelos funcionários haitianos, mas um deles revelou que os visitantes concederão uma entrevista coletiva amanhã às 10h local (12h de Brasília) nos jardins do Palácio Nacional. A fonte não quis confirmar se o presidente haitiano, René Préval, participará do encontro.

Clinton e Bush são os responsáveis por um fundo de ajuda humanitária criado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por causa do terremoto de 7 pontosna escala Richter que devastou Porto Príncipe e outras cidades haitianas em 12 de janeiro.

A viagem de ambos foi anunciada na quinta-feira passada pela Fundação Clinton, que assegurou em comunicado que os dois ex-presidentes se reunirão com representantes do povo haitiano, com o Governo do Haiti e outras entidades humanitárias, com o objetivo de reforçar os esforços de reconstrução do país a longo prazo.

Clinton é o enviado especial da ONU para as tarefas de reconstrução do país caribenho e, como tal, visitou o Haiti poucos dias depois da catástrofe.

O Fundo Clinton-Bush arrecadou cerca de US$ 36 milhões, dos quais US$ 4 milhões foram até agora distribuídos a diversas organizações que ajudam os desabrigados do país, informaram responsáveis pela entidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos