Legislativo e Judiciário recebem R$ 419 milhões para auxílio-moradia

A presidente Dilma Rousseff abriu crédito extraordinário, por meio de medida provisória, em favor de diversos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário, da Defensoria Pública da União e do Ministério Público da União, no valor de R$ 419,460 milhões.

Os recursos serão aplicados na ajuda de custo para moradia ou auxílio-moradia para agentes públicos da Câmara dos Deputados, Tribunal de Contas da União, Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, entre outros.

A presidente também delegou ao ministro do Planejamento, Valdir Simão, a competência para abertura de créditos suplementares autorizados na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

As determinações foram publicadas nesta terça-feira no "Diário Oficial da União".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos