Proposta que torna imprescritível o crime de estupro tramita na Câmara

  • Kevin David/Estadão Conteúdo

    Manifestantes protestam na avenida Paulista, em SP, contra PEC 181

    Manifestantes protestam na avenida Paulista, em SP, contra PEC 181

A Câmara dos Deputados analisa proposta de emenda à Constituição (PEC) que torna imprescritível o crime de estupro. O texto é de autoria do senador Jorge Viana (PT-AC).

A PEC 353/17 altera a Constituição para tratar o estupro, juntamente com o racismo, como crime "inafiançável e imprescritível". Isso significa que o crime poderá ser punido mesmo muitos anos depois de cometido.

Atualmente, o tempo de prescrição varia de acordo com o tempo da pena, que é diferente em cada caso. Esse tempo de prescrição pode se estender até 20 anos. Para estupro de vulnerável, a contagem só começa após a vítima fazer 18 anos.

A proposta será analisada, inicialmente, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos