UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

19/05/2004 - 18h25
França x Brasil: revanche no centenário da Fifa

PARIS, 19 mai (AFP) - França e Brasil se enfrentarão nesta quinta-feira no Stade de France de Saint Denis, às 16h00 (horário de Brasília), em um amistoso de comemoração do centenário da Federação Internacional de Futebol (Fifa). A partida terá um sabor de revanche da final da Copa do Mundo de 1998, que os franceses venceram por 3 a 0 e será disputada no mesmo local.

Apesar de muitos dirigentes considerarem a data do amistoso imprópria, devido as finais de várias competições locais e internacionais na Europa, a Fifa decidiu seguir adiante com o clássico que, segundo a entidade, deve ter a maior divulgação de toda a história do futebol.

Umas 130 emissoras de televisão de todo o planeta exibirão o jogo, que será disputado um dia antes de a Fifa completar cem anos. A instituição foi fundada no dia 21 de maio de 1904 em Paris.

Muitos protagonistas da final de 1998 voltarão ao estádio daquela célebre partida. Pela França, estarão em campo Marcel Desailly, Lilian Thuram, Zinedine Zidane e Patrick Vieira, enquanto o Brasil contará com Cafu, Ronaldo e Roberto Carlos.

"Aquela derrota ainda deixa um sabor amargo na minha boca. Perder uma final de Copa do Mundo é horrível. Ao lado das contusões de joelho, é a pior recordação de minha carreira", afirma Ronaldo, vítima de um súbito mal-estar, que ainda permanece uma incógnita.

Porém, o técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, quer dar o significado que acredita ser correto para o jogo. "É uma partida de prestígio, isso sim, porque o mundo todo nos assistirá. Porém, não é uma revanche. Não estamos em uma Copa do Mundo ou em uma competição oficial. Não estamos disputando nada, por isso não se pode falar de revanche", declarou.

Prestígio é a palavra exata para definir o confronto, que colocará frente à frente os dois últimos campeões mundiais, França em 1998 e Brasil em 2002, e que dará aos torcedores a oportunidade de assistir a um duelo entre os melhores atacantes do planeta na opinião de muitos, Ronaldo e Thierry Henry.

O Brasil viajou para a França, mantendo na cabeça o jogo contra a Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas no próximo dia 2 de junho. Por isso, o técnico Carlos Alberto Parreira tentará colocar em campo sua melhor equipe possível, já que a partida pode servir como preparatória. Por sua vez, a França não poderá contar com todo o seu elenco, pois muitos jogadores ainda cumprem compromissos importantes em seus clubes.

No time francês estarão ausentes: Bixente Lizarazu e Willy Sagnol (Bayern de Munique), Ludovic Giuly e Jerome Rothen (AS Mônaco), Mickael Silvestre (Manchester United), Fabien Barthez e Steve Marlet (Marselha).

Parreira, por seu lado, tenta dar continuidade à equipe e deve colocar um time muito próximo ao que goleou a Hungria, por 4 a 1, no dia 28 de abril.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA