UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

20/12/2005 - 20h24
São Paulo faz maratona e milhares comemoram tri mundial nas ruas

SÃO PAULO (Reuters) - Os jogadores do São Paulo enfrentaram na segunda-feira uma maratona de cerca de 10 horas para comemorar o terceiro título Mundial de Clubes com seus torcedores, que lotaram as ruas da cidade para acompanhar o clube em uma carreata em trio elétrico.

Os jogadores desembarcaram do Japão por volta das 6h30 da manhã no Aeroporto Internacional de Guarulhos e só conseguiram chegar ao estádio do Morumbi por volta das 17h, cinco horas depois do previsto.

A falta de organização da diretoria do clube acabou ofuscando a festa, e os jogadores tiveram que enfrentar horas em carro aberto sob um sol de quase 30 graus para visitar o prefeito da cidade e o governador do Estado e poucos ainda tinham forças para entrar no gramado do Morumbi no fim da tarde.

Muitos foram desistindo pelo caminho, e apenas alguns-- Rogério Ceni, Renan, Lugano, Amoroso, Fabio Santos, Flavio, Mineiro-- conseguiram comemorar com os cerca de 15 mil torcedores que foram ao estádio, segundo estimativa da Polícia Militar.

Cansados, eles mal conseguiram falar ao se verem cercados por vários torcedores que acabaram conseguindo entrar em campo, mas mesmo assim subiram em um pódio e deram uma volta olímpica. O goleiro Rogério Ceni, escolhido como o melhor jogador da final e do torneio, usou um microfone para gritar com a torcida na chegada ao estádio, e foi o jogador mais homenageado.

"Esse time vai ficar para sempre", disse o capitão ao desembarcar no país depois de cerca de 22 horas de viagem. Um dos heróis da conquista contra o Liverpool, no domingo, ele foi visto na cabine dos pilotos com meio corpo para fora da janela, mostrando uma bandeira do clube. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, cerca de 5.000 pessoas estavam perto do aeroporto para recepcionar os jogadores.

Logo que eles subiram no trio elétrico, muitas pessoas cercaram o caminhão, ao som do hino do clube. Lentamente, o veículo deixou a área ao redor do aeroporto e seguiu rumo à sede da Prefeitura, no centro da cidade. Lá eles foram recebidos pelo prefeito José Serra e por outro grupo de torcedores que aguardavam no local.

A carreata seguiu lentamente pela cidade, sempre rodeada por muitos torcedores e carros, e levou muito tempo para chegar ao Palácio dos Bandeirantes, onde os jogadores foram recepcionados pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin.

Alckmin assinou nesta terça-feira um decreto que homenageia o clube, denominando a estação do Morumbi do metrô-- que ainda será construída-- de São Paulo-Morumbi.

Na frente do estádio, muitos torcedores preferiram não entrar no estádio enquanto os jogadores não chegassem à entrada principal, e enfrentaram o forte calor e a chuva que caiu em seguida.

"Foi uma festa digna de um tricampeão mundial", disse Amoroso ao chegar ao Morumbi.

"Será uma ótima festa de Natal. Poder oferecer essa festa para a nossa torcida é um grande orgulho", completou o superintendente de futebol Marco Aurélio Cunha.

Na fachada do estádio e em alguns corredores já estava escrita a frase "Tricampeão Mundial de Futebol 92-93-05". Apesar de alguns símbolos já estarem com a terceira estrela vermelha acima das outras duas, indicando os três títulos mundiais, a posição dela ainda deve ser definida pela diretoria e pelo conselho.

(Por Camila Moreira e Denis Eduardo Serio)

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA