UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

20/03/2006 - 13h39
Bradesco adquire as operações da American Express no país

São Paulo, 20 mar (EFE).- O Bradesco, maior banco privado do país, anunciou hoje um acordo de associação pelo qual adquiriu a maioria das operações da American Express por um valor de US$ 490 milhões.

Segundo o acordo entre as duas entidades, o Bradesco assumirá os negócios da American Express no Brasil com cartões de crédito, seguros, serviços de viagem, câmbio e operações de crédito direto ao consumidor.

A American Express tem cerca de 8,7 milhões de clientes com cartões de crédito no país, segundo um comunicado conjunto divulgado pelas duas partes e que cita números da Associação Brasileira de Empresas de Cartões de Crédito e Serviços.

Segundo a mesma fonte, os cartões da American Express registraram no ano passado movimentos no valor de R$ 13,8 bilhões, o que representa 10,7% do mercado brasileiro.

O Bradesco já administra 1,2 milhão de cartões de crédito de outras marcas e tem 6,9% do mercado.

"A associação representa um grande passo estratégico para o Bradesco, e permite a expansão de sua base de clientes em um segmento de grande concorrência, além de complementar sua posição no mercado de cartões e proporcionar maior conveniência a seus clientes", afirma a nota conjunta.

"Adicionalmente, possibilitará grande lucro de escala e expansão da rede de estabelecimentos comerciais, agregando valor às duas instituições", acrescenta.

O acordo prevê que o Bradesco poderá emitir com monopólio no Brasil os cartões de crédito da linha Centurion, que inclui as tradicionais linhas Green, Gold e Platinum da American Express no país.

"O direito de monopólio será pelo prazo mínimo de dez anos, e permite ao Bradesco emitir cartões de crédito da American Express a pessoas físicas e jurídicas; oferecer o programa de premiação aos clientes e administrar a rede de estabelecimentos que aceitam os cartões no país", diz o comunicado.

A nota afirma que estarão excluídas da negociação apenas o escritório de representação da American Express Bank Ltd. em São Paulo, o negócio local de cheques de viagem e os acordos de concessão de direitos para a administração de cartões de crédito existentes com outros bancos locais.

Segundo o Bradesco, o acordo ainda depende da autorização das autoridades competentes, mas deverá ser concluído no primeiro semestre deste ano.

O banco informou também que os atuais clientes da American Express poderão continuar utilizando os serviços normalmente, e no futuro terão acesso a outros serviços nos 23.000 caixas eletrônicos de Bradesco em todo o país.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA